Como o marketing digital pode salvar a sua Cooperativa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Existem regras simples no marketing que proporcionam inúmeros benefícios no relacionamento entre Cooperativa e cooperados.

Esses macetes costumam ser ignorados por Cooperativas que estão no Facebook, Twitter e LinkedIn e que, muitas vezes, tem esses canais como suas principais fontes de comunicação.

Não importa o canal digital, existem regras básicas que precisam ser compreendidas, praticadas, gerenciadas e aplicadas com eficácia e regularmente para obter resultados satisfatórios. Confira!

1. Sempre haverá uma oportunidade

Existe um ditado popular de que conteúdo é rei. Porém, quando se trata do marketing digital não podemos esquecer da venda.

Um bom trabalho de marketing social revela uma solução/novidade, informa o público do que ele pode fazer ou ter e dá motivos para fazê-lo no momento presente.

As estratégias escolhidas para esta comunicação vão depender do perfil do público que a Cooperativa quer atrair, somadas a uma mensagem irresistível, sensível ou experiencial.

2. Haverá uma razão para começar hoje

No marketing e na comunicação tudo muda muito rápido, já que são áreas constantemente transformadas por fatores locais, globais, culturais e econômicos.

Diante de qualquer situação existe uma boa oportunidade para começar (ou recomeçar).

3. As instruções devem ser claras

Consumidores confusos ou incertos não tomam decisões. Pessoas raramente compram algo após se depararem com uma mensagem vazia e sem soluções.

Para melhorar a comunicação com o cooperado (e converter novos clientes) é necessário orientá-lo pelas etapas desejadas até que ele execute aquilo que foi planejado. O caminho deve ser claro e não deixar dúvidas.

4. Mensuração de dados é importante

Se você deseja obter lucros reais a partir do marketing, é necessário que todos os investimentos em publicidade, marketing ou vendas sejam rastreados e mensurados para refletirem dados precisos.

É a partir destes números que você saberá filtrar o público, quem está motivado a comprar as soluções da sua Cooperativa, os tópicos que valem a pena investir e onde podem ser feitos ajustes.

5. Se importe com os interessados

As pessoas leem seu anúncio, recebem sua carta, veem sua placa, encontram sua Cooperativa no digital, ligam ou visitam sua agência, fazem perguntas à equipe e é isso — fim. Não são registrados nomes, telefones ou o endereço de e-mail do cliente em potencial.

Quanto dinheiro você está desperdiçando em vendas e em tempo? Provavelmente muito. Perder essas oportunidades coloca em risco toda a rede de comunicação que foi criada dentro e em torno da sua agência.

No final do dia, no final de uma campanha, no final de um período de turbulência… apenas os resultados importam.