A liderança dentro da Cooperativa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Se você quer construir um navio, não chame as pessoas para juntar madeira ou atribui-lhes tarefas e trabalho, mas sim ensine-os a desejar a infinita imensidão do oceano. “ (Antoine de Saint-Exupery)

A partir dessa bela reflexão proposta por Antoine, chamo a atenção para aspectos importantes relacionados ao exercício de liderar, de forma a contribuir para uma liderança de excelência. 

O líder tem uma importante missão em suas mãos que é o direcionamento das pessoas para o atingimento dos melhores resultados, direcionar pessoas não é algo simples, ainda mais em um momento de tantas mudanças e incertezas, mas alguns recursos já conhecidos e as vezes mal utilizados podem contribuir para esse direcionamento. Como por exemplo saber fazer um bom planejamento. Planejar é criar etapas e estratégias do que precisa ser feito e como, é se antecipar e se preparar para o que vem. Tenho ouvido muitas pessoas falarem que não é preciso mais se planejar, pois o que era hoje, amanhã não será mais e concordo com essa opinião quando se trata das rápidas mudanças, porém saber se planejar só aumenta a nossa capacidade de análise, visão estratégica e de futuro, algumas competências tão requeridas nesse momento que estamos vivendo não é mesmo?  Dizer que planejamento não é mais necessário é o mesmo que dizer que para chegarmos a algum lugar desconhecido não precisamos de GPS, podemos até chegar, mas com certeza gastaremos mais tempo e recurso. E você pode se perguntar como fazer um planejamento então nesse momento tão incerto? O segredo não está em não planejar, mas em fazer planejamentos mais curtos e com mais possibilidades. Pensar em diferentes cenários, além contribuir para aumentar a nossa visão do todo, estimula o aumento da nossa capacidade criativa.

Outro ponto importante que essa reflexão nos traz é ensinar os liderados a enxergarem o que quer ser conquistado, mostre a eles a visão de futuro, muitos colaboradores não são engajados e comprometidos porque só enxergam prazos e metas para serem cumpridas e não o que realmente tem por traz, qual o objetivo maior.  Ensine as pessoas o gosto pela conquista.  Se aproximar e mostrar o que a “imensidão do oceano” pode oferecer fará toda diferença. Lembre-se, liderar é levar as pessoas mais longe do que elas realmente acreditam ser capazes de chegar.